Cervejas Artesanais Barril, lata ou garrafa? Como fica o gosto da cerveja?

30 de junho de 2019por Cerrado Beer0

Muitos afirmam que o chope, em barril, é inigualável. Outros preferem as garrafas de vidro, enquanto alguns têm levantado a bandeira pró-latinhas. Mas, afinal, existe algum melhor do que o outro?

Para início de conversa, é bom saber que o líquido produzido é o mesmo para qualquer um dos tipos de envase. Ou seja, cor, sabores e aromas devem ter as mesmas características.

As diferenças sensoriais que poderão ser sentidas vão depender de processos que ocorrem após a cerveja estar dentro da lata, do barril ou da garrafa. O primeiro deles é a pasteurização, processo no qual a cerveja tem sua temperatura elevada para estabilizar o líquido e aumentar seu prazo de validade.

Na pasteurização perdem-se alguns elementos aromáticos e de sabor. Assim, o chope tem uma enorme vantagem, pois ele não passa pelo processo.  Como seu prazo de validade é mais curto, ele comumente é consumido em pouco tempo após sair da fábrica, o que garante outro benefício: o frescor.

O ideal é sempre guardar o barril em câmara climatizada. Quando ele já estiver aberto, então, isso é mais do que obrigatório, pois do contrário, em pouquíssimos dias, a bebida azedará.

GARRAFA X LATA

Tratando-se de latas e garrafas é difícil indicar uma que seja melhor do que a outra, pois ambas possuem seus benefícios.

A principal vantagem da lata em relação à garrafa está na sua vedação. A luz é uma das grandes inimigas da cerveja, pois sua incidência no líquido causa um OFF-FLAVOR conhecido como LIGHT-STRUCK. Ele altera uma das moléculas do lúpulo responsável pelo amargor, o que pode causar um aroma incrivelmente desagradável.

É devido a isso que muitas cervejarias artesanais têm apostado nessa embalagem, em especial quando o estilo tem o lúpulo como destaque.

No caso das garrafas, as de cor âmbar são melhores (aquela marrom mais comum de se encontrar). Isso porque ela fica mais protegida da ação da luz do que as garrafas verdes, azuis ou totalmente transparentes.

E COMO GUARDAR?

Envelhecer cervejas se tornou algo bastante comum entre os admiradores das artesanais e é aí que entra a questão do recipiente. As garrafas de vidro escuro são, definitivamente, boas para isso.

Por serem escuras, elas sofrerão menos com a luz. Além disso, como muitas cervejas de guarda são refermentadas no recipiente, as garrafas delas, muitas vezes, são feitas para terem maior resistência.

Também tem a questão do sabor. O material das garrafas não interfere no sabor da bebida. Já as latas são recipientes que, até pouco tempo, só eram usados para cervejas mais leves, refrescantes e com consumo mais rápido.

Como o envase de cervejas mais complexas e de guarda nesse tipo de recipiente ainda é recente, não se sabe, com absoluta certeza, se o envelhecimento acarretará alguma mudança negativa na bebida.

E então, gostou do conteúdo acima. Garanta sua presença no Cerrado Beer Festival e aprenda muito mais sobre o cosmos das Cervejas Artesanais. Qualquer dúvida é só falar, certo?

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *